Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

NORTE / NORDESTE DE SC, UM POLO INDUSTRIAL

marcos

Localizada estrategicamente no centro do eixo São Paulo x Porto Alegre, possui inúmeras vantagens logísticas. Num raio de 200 km estão os 5 principais portos e os 4 principais aeroportos da região. Além disso, é cortada pelas BR´s 101 e 116 que ligam o Estado às outras regiões do Brasil.

 

Conhecida como a Manchester Catarinense, a região concentra um importante polo industrial. Aqui estão instaladas empresas como a WEG, Rudnick, Tupy, Tigre, Malwee, ArcelorMittal Vega, Marisol, Embraco, Tuper, AMC Têxtil, Datasul – TOTVS, Condor, entre outras.

A região tem apresentado importante incremento na geração de empregos e com isso tem impulsionando o consumo, desenvolvendo também o comércio e o setor de serviços. A frota de veículos, por exemplo, mais do que duplicou em dez anos nestas cidades.

A principal cidade da região é Joinville. Com cerca de 525 mil habitantes, é a maior cidade do Estado, possui o maior parque industrial e um PIB que supera os R$ 18,4 bilhões.

Outro atrativo é um moderno condomínio empresarial, localizado estrategicamente próximo às principais vias de acesso da cidade, é ocupado por 112 empresas de diferentes segmentos.

Destaca-se ainda pela infraestrutura, mão de obra qualificada e pela já existente cadeia de fornecedores, principalmente do segmento metal mecânico.

Oferece um sistema educacional de qualidade, com diversas opções de cursos em instituições de ensino superior reconhecidas nacionalmente. É conhecida também pelo alto nível dos cursos técnicos, que atendem à demanda das empresas da região por profissionais capacitados e atualizados.

Joinville possui uma completa rede de infraestrutura urbana. Com 9 subestações, a energia elétrica chega a 99,3% da população. Possui um moderno sistema de distribuição de água, atendendo mais de 98% da população com água potável. A limpeza pública abrange 100% da área urbana, e o transporte coletivo é considerado modelo, um sistema integrado com bilhetagem eletrônica e estações de integração espalhados pelos bairros da cidade.

Não é de hoje que o Norte / Nordeste de Santa Catarina se destaca como uma das regiões urbanas mais pujantes do Brasil. Vem apresentando crescimento econômico bem acima da média nacional, resultado do DNA empreendedor trazido pelos imigrantes europeus desde a época de sua colonização.

Diferenciais que vem atraindo novos empreendimentos, a região respira a atividade industrial e se apresenta como uma ótima oportunidade para investimentos.

Algumas multinacionais já chegaram, e já colhem os frutos.

A Hyosung, empresa sulcoreana fornecedora de fios de elastano, investiu cerca de R$ 180 milhões na fábrica que conta com uma área total de 225 mil m² e uma área construída de 40 mil m².

A GM também já veio. Foram investimentos na ordem de R$ 350 milhões, numa área total de 500 mil m² e uma área construída de 30 mil m². Com previsão de faturamento de R$ 250 milhões por ano.

A BMW está chegando, com investimentos previstos na casa dos R$ 528 milhões, numa área total de 1,5 milhões de m² e uma área construída de 500 mil m², com a possibilidade de se construir, inclusive, uma pista de testes. A estimativa de faturamento gira em torno de R$ 2 bilhões por ano.

Muitas outras empresas ainda virão, aonde estes gigantes vão, muitos outros vão atrás. Quem sabe daqui a alguns anos não teremos também uma fábrica da Mercedes ou da Land Rover na região.

 

Economista Marcos Filipus
Presidente da Seccional Norte da OESC


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 logo rumadesign