Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Notícias OESC

COORDENADORIA DO CURSO DE ECONOMIA DA UFSC

O Presidente da OESC, economista Luiz Henrique Belloni Faria, foi parabenizado, em nome dos dirigentes, pelo Professor Doutor João Randolfo Pontes, Coordenador do Curso de Economia da UFSC, pelos trabalhos desenvolvidos pela entidade. Foi informado que o ilustre Coordenador reproduziu e deixou a disposição dos 945 alunos do curso as informações das ações desenvolvidas pela Ordem dos Economistas de Santa Catarina. Extremamente gratificante a atitude levada a efeito, na ótica dos dirigentes da OESC.

SEMINÁRIO NACIONAL

No dia 09 de maio estará ocorrendo em Florianópolis um Seminário Nacional sob a denominação "O Pacto Federativo em Debate". Com satisfação a Ordem dos Economistas de Santa Catarina – OESC- estará presente. O economista dirigente Elzio Oliveira representará a entidade.

A diretoria da OESC recebeu da AURESC, exclusivamente por deferência daquela entidade, o "Relatório de Auditoria do Tribunal de Contas da União a respeito do Contrato de concessão para exploração das rodovias BR-101/SC e BR-116/376/PR, trecho Florianópolis/Curitiba, pela Auto Pista Litoral Sul."

Apesar de não se tratar de um assunto diretamente econômico, a contemplação se deu face a participação da OESC nos levantamentos de dados a respeito da variação dos ajustes do pedágio desde sua implantação e, também, da manifestação da Ordem no sentido de contrariar informações da FIESC quanto às eventuais vantagens financeiras (na linha posta pela Federação) da implantação do pagamento do pedágio computando-se a quilometragem percorrida, nas rodovias em epígrafe. Ambas as situações tiveram significativa repercussão nos meios jornalísticos e televisivos.

O relatório fica disponibilizado aos economista que desejarem ter acesso. Para tanto há necessidade do envio de solicitação através do e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Presidente da OESC confirma presença em evento da Seccional Sul

O economista Luiz Henrique Belloni Faria, presidente da Ordem dos Economistas de Santa Catarina, confirmou presença no dia 10 de maio, na cidade de Criciúma, onde está sendo realizada a Semana de Educação financeira, promovida pela Seccional Sul da entidade em parceria com o Curso de Ciências Econômicas da Universidade do Extremo Sul Catarinense UNESC.

Dirigente da OESC representará entidade na Oficina do PLAMUS

O Governo de Santa Catarina, por meio da SCPar e da Prefeitura Municipal de Florianópolis convidam a OESC para participar da Oficina de Participação Social do PLAMUS - Plano de Mobilidade Urbana Sustentável da Grande Florianópolis, que ocorrerá no dia 10 de maio, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Em razão de compromisso anteriormente agendado na cidade de Criciúma (encerramento da Semana de Educação Financeira Familiar, com participação e organização da OESC), o economista Luiz Henrique Belloni Faria, presidente da Ordem dos Economistas de Santa Catarina, não irá se fazer presente e sim o dirigente Elzio Espírito Santo de Oliveira, como representante da entidade.

ORDEM DOS ECONOMISTAS DE SANTA CATARINA- OESC- REPUDIA MATÉRIA PULICADA NA REVISTA "THE ECONOMIST", QUE DIZ QUE TRABALHADOR BRASILEIRO É GLORIOSAMENTE IMPRODUTIVO.

• Em considerando que a revista The Economist fez severas críticas à baixa produtividade do trabalhador brasileiro;

• Em considerando que em certo trecho da matéria a revista afirma que os brasileiros são "gloriosamente improdutivos" e,

• Em considerando que no corpo da respectiva está transcrita afirmação de empresário norte-americano no sentido de que "no momento que se aterrissa no Brasil já se começa a perder tempo".

A Ordem dos Economistas de Santa Catarina repudia com veemência a essência da matéria. A produtividade do trabalho, na visão contemporânea (sem adentrar ao mérito da teoria Marxista do "Capital"), está vinculada à convergência do produto/serviço resultante da Mão de Obra em lucro ao empregador. A produtividade está diretamente vinculada com infraestrutura, tecnologia, salários atrativos, nível de educação e uma série de fatores que ofertam condições para que ela (produtividade) se faça próxima da ideal. A matéria da forma posta, além de repassar a imagem, expõe os trabalhadores brasileiros a um nível caótico de baixa fluidez em relação aos resultados dos seus trabalhos, fato totalmente afrontante à realidade. A ausência de boas condições laborais passa pela longevidade dos problemas institucionais do país e chegam aos empreendedores, inúmeros internacionais, que focam a lucratividade imperativa no menor período temporal possível, menosprezando treinamentos qualificados e mais infraestrutura ambiental e tecnológica de trabalho, até como instrumentos da manutenção dos baixos salários no mercado.

Sistema de cobrança de pedágio por KM rodado

Em um primeiro momento parece ser uma medida correta e justa, entretanto as peculiaridades do estado demonstram que a implantação do sistema em nada contribuirá, sob a ótica econômica. Muito pelo contrário, a implantação beneficiará as concessionárias. Para que advenham vantagens muitas medidas devem ser colocadas a termo, algumas de extrema complexidade, em conjunto com a aplicação do sistema

Continue Lendo...

PARABÉNS ECONOMISTAS DO SUL DO ESTADO

A diretoria estadual da Ordem dos Economistas de Santa Catarina – OESC - manifesta congratulações com os dirigentes da Seccional Sul da entidade, pela participação no evento "Economia na Praça", que está ocorrendo na cidade de Criciúma. O presidente da Seccional Sul economista Richard Guinzani e outros economistas dirigentes estão no local atuando na promoção da educação financeira da população e contribuindo para o fortalecimento da cidadania, principalmente no que concerne a solidez familiar, sob o aspecto financeiro.

OESC FICA A DISPOSIÇÃO DO BACEN E DO CONEF

No mês de maio, sob a coordenação do CONEF (Conselho Nacional de Educação Financeira), estará se dando a primeira edição da Semana Nacional de Educação Financeira.

Pela programação do evento não constam atividades no Estado de Santa Catarina, razão que levou a diretoria da Ordem dos Economistas de Santa Catarina, por sugestão do economista Richard Guinzani, Presidente da Seccional Sul, colocar a entidade a disposição do CONEF e do BACEN, para atuar no âmbito do Estado de Santa Catarina, na ocasião.

A formalização se deu em 27/03, pelo Presidente da Ordem dos Economistas de Santa Catarina, economista Luiz Henrique Belloni Faria.

I Simpósio Catarinense sobre Concessões Rodoviárias

banner simposio

Simpósio Catarinense sobre Concessões Rodoviárias

A Ordem dos Economistas de Santa Catarina – OESC- foi convidada a participar do I Simpósio Catarinense sobre Concessões Rodoviárias, promovido pela Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, que ocorrerá no dia 27/03/14, às 18 horas, na sede do Poder. Na abertura dos trabalhos o Presidente da OESC, economista Luiz Henrique Belloni Faria, fará uso da palavra e no curso do evento o economista Eduardo Volante, em nome da entidade, apresentará dados econômicos em relação às concessões e as cobranças dos pedágios no Estado.

No dia anterior ao evento haverá entrevista coletiva à imprensa, também na Assembleia Legislativa, em relação ao tema, com a presença da OESC, FETAESC, AURESC e Deputados que integram a Comissão de Transportes do Poder.

DIRIGENTE DA OESC FAZ PALESTRA NO II CONGRESSO GAUCHO DE PREVIDÊNCIA

O II Congresso Gaúcho de Previdência, que aconteceu no município de Porto Alegre entre os dias 17 e 19 de março deste ano, teve o objetivo de abordar e discutir formas de governança dos recursos de previdência dos RPPS. O Brasil possui o total de 9,45 milhões de pessoas atuando no setor público, e segundo dados de 2012, este universo acumula 100 bilhões de reais em déficit.

Um dos palestrantes do evento foi o economista, Diretor de Gestão de Recursos Previdenciários do IPREV, Conselheiro do Conselho Nacional dos Dirigentes de RPPS – CONAPREV e Dirigente da Ordem dos Economistas de Santa Catarina - OESC, Marcelo Panosso Mendonça. O tema de sua apresentação foi baseado no artigo "Desequilíbrio Econômico Financeiro e Atuarial" no qual pode ser encontrado no livro "Regimes Próprios de Previdência Social: Desafios e Perspectivas".

A ideia principal de Panosso em sua apresentação foi criar um paralelo entre os RPPS existentes e a possibilidade de criação de novos Institutos que tratem de previdência complementar. Na visão do economista esses novos órgãos devem estar dissociados por completo do que vem sendo proposto por alguns Estados. "No meu ponto de vista está ocorrendo uma maneira equivocada de se criar previdência complementar, porque o Estado continua sendo solidário a esta nova instituição, ou seja, se futuramente os recursos não forem suficientes para o pagamento de benefícios, o Estado deverá aportar recursos e fazer o pagamento. A proposta é que sejam completamente apartados, segregados da estrutura do Estado", afirmou Panosso.

panoso palestra gaucho de previdencia

INSTITUÍDA A OESC/PREVI

Em 27/02/14, foi oficialmente subscrita a documentação que cria a OESC/PREVIDÊNCIA, que possibilitará os economistas associados a se credenciarem a respectiva. A tramitação do processo junto a SUSEP e em outras instituições governamentais, conforme ditames da legislação vigente, deverá demandar em torno de sessenta dias úteis.

previ oesc

AOS ECONOMISTAS

A Ordem dos Economistas de Santa Catarina – OESC-, interage constantemente com um número significativo de economistas de Santa Catarina e de outros estados federados, via e-mail.

Se você é economista, ou está cursando Ciências Econômicas, e não recebe nossos e-mails, fica o convite para vir interagir com colegas que integram uma entidade que desenvolve ações tendo literalmente em mente a reconquista dos nossos espaços. Para isso, envie um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. , solicitando sua inclusão.

Ficaremos honrados com seu e-mail.

Economistas dirigentes da OESC

OESC/PREVIDÊNCIA

Dirigentes da Ordem dos Economistas de Santa Catarina – OESC - reuniram-se na data de 20/02/14, com o Diretor Executivo da Sul Previdência, para ultimar os detalhes à subscrição de documentos que formalizará oficialmente a instituição da OESC/PREVIDÊNCIA. O ato oficial ocorrerá no dia 27 do corrente e, após as conversações, a OESC fará a indicação de um nome para compor o Conselho Administrativo da Sul Previdência (são cinco conselheiros no total). Estiveram presentes na ocasião os economistas Sílvio José Martins, Marcelo Panosso, Valquíria Sutil de Lima e Luiz Henrique Belloni Faria, presidente da entidade. O Dr. Alex Kravchinchin representou a Sul Previdência.

IMG 0089

OESC recebe os dirigentes da AURESC

O Presidente e o Vice da Ordem dos Economistas de Santa Catarina, Economistas Luiz Faria e Sílvio Martins, respectivamente, recepcionando, na sede da OESC, os dirigentes Alisson Micoski e Fernando Ritter da AURESC.

IMG 1273

OESC/PREVIDÊNCIA

Pré agendada da data da assinatura dos documentos que constituirá a OESC/PREVIDÊNCIA: 27/02/14. Os serviços devem estar disponibilizados aos economistas e seus dependentes em até 60 dias uteis após a subscrição. A demanda temporal é em decorrência dos trâmites documentais junto ao Bacen e Susep.  

Anuidade para o ano 2014

Na reunião do dia 31 de janeiro do corrente ano, foi aprovado que o valor da anuidade de 2014 será de R$ 70,00 para sócios efetivos e R$ 35,00 para sócios acadêmicos.

O fato da OESC ser uma entidade sem fins lucrativos levou os dirigentes ao estabelecimento de valores exclusivamente simbólico à anuidade (se fosse mensal o valor estaria próximo de R$ 6,00), pois na visão dos respectivos o mais importante é encorpar a instituição com um número cada vez maior de associados para que em nas representações da instituição se possa demonstrar que junto com as ações promovidas e reivindicadas há um significativo grupo de colegas em conjunto.

I Simpósio Catarinense sobre Concessões

Organizadores do I Simpósio Catarinense sobre Concessões, que ocorrerá no dia 27 de março na Assembleia Legislativa se reuniram no dia 17/02/14, para tratar do evento. Na foto: Fernando Ritter, Coordenador da Região Metropolitana, Economista Eduardo Volante, dirigente da OESC, Economista Luiz Henrique Faria, Presidente da OESC, Alisson Micoski, dirigente da AURESC e Marcelo Kampff, Bureau de Negócios.

img 0088

REALIZADA A PRIMEIRA REUNIÃO DA OESC

Ocorreu a primeira reunião ordinária do ano 2014 dos dirigentes estaduais da Ordem dos Economistas de Santa Catarina. A respectiva teve inicio às 16 horas do dia 31/01/14, na Câmara Municipal de Florianópolis e contou com a presença de 80% do total dos dirigentes estaduais que integram a estrutura direcional da entidade.

De forma resumida, segue alguns fatos e assuntos:

• Com a cobertura de cinegrafista, alguns economistas se manifestaram acerca das ações da OESC, praticadas no ano de 2013 e das expectativas para o exercício em curso.

• Como convidado, se fez presente o Dr. Alex Kravchychyn, dirigente da Sul Previdência, que ficou a disposição dos presentes para questionamentos a respeito da implantação da OESC/PREVIDÊNCIA. A iniciativa foi aprovada pelos presentes e dois dirigentes ficaram com a responsabilidade de ofertarem parecer final no contrato a ser subscrito pela OESC para o fim.

• Foi aprovado o Estatuto, e Regulamento e o Código de Ética da Câmara de Mediação e Arbitragem da Ordem dos Economistas de Santa Catarina.

•A fixação do valor da anuidade dos associados da entidade para o ano 2014 foi discutido, ficando estabelecido em R$ 70,00 para os sócios efetivos e R$ 35,00 para os sócios estudantes (os associados em 2014, antes da data da fixação, não recomporão a diferença).

• Organização de Fórum de Debates, possivelmente na região sul catarinense, a respeito das vantagens e desvantagens do Brasil em sediar a Copa do Mundo de Futebol e as Olimpíadas, sob o ponto de vista econômico.

• Processos éticos abertos pelo CORECON-SC, envolvendo dirigentes da OESC.

• Contrariedades quanto a forma que se realizam as eleições no CORECON-SC.

• Abertura de mais espaços em órgãos de imprensa para manifestação de economistas.

A reunião se estendeu até as 19h30m e, conforme dito, vários outros assuntos foram discutidos.

Reunião OESC 2014


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 logo rumadesign